domingo, 6 de março de 2011

O FUMO PASSIVO E O CÂNCER EM ANIMAIS

O texto abaixo foi retirado de: bichinhosprecisamdelar.blogspot.com
O fumo passivo não é apenas uma ameaça à saúde das pessoas. Ele também pode afetar os cães, os gatos e outros animais, dizem os veterinários.

Animais passam muito mais tempo em casa do que você - aumentando sua exposição a substâncias cancerígenas. "Os pulmões de cães e gatos são virtualmente idênticos aos pulmões humanos," diz o Dr. Jan Bellows, veterinário da All Pets Dental Clinic, localizada na Florida, Estados Unidos.

Tem havido uma série de trabalhos científicos recentes que relatam o grande risco que o fumo passivo representa para os animais, e tem sido associado com o câncer bucal e linfomas em gatos, e câncer nasal  e pulmonar em cães.

CÂNCER NOS CÃES


Estudos indicam que o comprimento do focinho desempenha um papel no tipo de câncer que um cão provavelmente desenvolverá através do fumo passivo. De acordo com um levantamento de pesquisas recentes do LiveScience.com, cães com focinho longo são mais propensos a desenvolver câncer nasal, uma vez que o focinho têm mais área de superfície sobre a qual as substâncias cancerígenas podem se acumular, enquanto cães com focinhos curtos e médio são mais propensos a desenvolver câncer de pulmão.

CÂNCER NOS GATOS

A veterinária Carolynn MacAllister, da Oklahoma State University citou um estudo feito pela Tufts College of Veterinary Medicine, que mostrou que o número de gatos que vivem com câncer de boca (também conhecido como carcinoma de células escamosas) foi maior para aqueles que vivem em casas com fumantes do que aqueles que viveram em ambientes livres de fumo.

"Uma razão de gatos são tão suscetíveis ao fumo passivo se deve aos seus hábitos de limpeza", disse MacAllister. Os gatos lambem-se constantemente, e dessa forma lamberão substâncias tóxicas que se acumularam em sua pele. Este comportamento expõe as mucosas da boca aos carcinogéneos cancerígenos.

Os gatos que vivem com fumantes tem duas vezes mais probabilidade de desenvolver linfoma maligno, um câncer que ocorre nos linfonodos,  fatal entre 3 de 4 gatos.

Aves também correm o risco de câncer de pulmão, bem como a pneumonia, porque seus sistemas respiratórios são hipersensíveis a qualquer tipo de poluente atmosférico.

SINTOMAS DE CÂNCER EM ANIMAIS CAUSADOS PELO FUMO PASSIVO

EM CÃES


Os sinais de alerta do câncer de pulmão em cães incluem perda de peso, tosse crônica e fadiga. Os cães com câncer nasal apresentam sintomas diferentes, que incluem espirros crônicos, corrimento de sangue na cavidade nasal e inchaço na região nasal.

EM GATOS

Os sinais de aviso de linfoma em gatos incluem falta de apetite, perda de peso, problemas respiratórios, vômitos e letargia.

Sinais e sintomas do câncer em cães nem sempre são imediatamente reconhecíveis. Para o diagnóstico completo e preciso e tratamento, os responsáveis devem visitar um médico veterinário.

Referências:

http://www.livescience.com
http://www.petfinder.com
http://www.kdbc.com
http://www.suite101.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário